ARKIS

ARKIS: Vanguarda - Temporada 02 Episódio 10(18)

Mundo Diferente: "Eu só estou aqui por sua causa"

Vanguarda

Registros da Resistência
Sir Taylor Hampshire

28 de março de 2036

A Resistência dicutia arduamente o curso de ações a seguir. Rabino conferenciava com todos, tentando angariar recursos para localizar Quantum e Jazz. Buscavam respostas nas magias de Zarus e nas pesquisas dos cristais de Ulana havia feito. Em meio as discussões, Mac entrou na sala gritando por Snickers. O macaco disse que investigou a pedido dele a mente da comatosa Thiara, com quem ele sentia uma responsabilidade indiscritível por ela e sabia que ela só estava viva até agora por causa da determinação dele, embroa não a conhecesse. Snickers explicou que suspeitava que Thiara podia ter a mente da Vanguarda, que como ele relatava, a tal nave deles já havia apresentado sinais de inteligência própria. Mac, entretanto, disse que esse não parecia ser o caso. Pelo que ele investigou, ele via nas memórias de Thiara vislumbres de dentro da Vanguarda, onde ele podia ver todos os tripulantes em seus corpos originais, mas Magni com mais frequencia que todos os outros.
Magni parecia não ligar para isso e pediu para Mac investigar a mente de Gene, que ainda estava desmaiado. Mac o fez, e conseguiu ter uma noção da direção onde Umbra poderia estar. Racionalizaram que Umbra poderia estar nesse momento com Quantum. Magni começou a preparar os equipamentos para partir para o resgate, ignorando as recomendações do Rabino de aguardar para melhor planejar essa ação.
Nessa hora, Lucky comentava que algo estranho acontecia. Mais de uma vez ouvira Sarah, filha de Alek, dizer que só estava lá por que seu pai a protegia. Também ouvia Nadia insistentemente chorar dizendo que Kurtz era a razão de sua vida. Sua amiga, Lisa, enraivecida e frustada, queixava-se que só tinha a missão de proteger Quantum e havia falhado. Ayumi acusava Magni de ter-lhe roubado o amante Musashi, repetindo que ele só estava lá por causa dela. Ulana dizia que seu macaco, Mac, era muitas vezes a razão de não ter se rendido. E agora Snickers falava o mesmo de Thiara. Lucky não acreditava em coincidências e Snickers deu atenção a ela.
Pararam para pensar e Snickers se recordou da mais recente tripulante da Vanguarda, alguém que eles haviam esquecido completamente, Lusutan, a telepata Benerahna. Mac agora entendia tudo e explicava a medida que ia desenvolvendo a teoria. Algo havia acontecido na realidade deles, algo que deveria ter matá-los ou feito eles deixar de exisitir. Institivavemente Lusutan sentiu que morria e fez aquilo que sua espécie era capaz, dividiu sua mente (ela era capaz de dividí-la em 7 partes) e ancorou cada uma delas aos tripulantes da Vanguarda. Por algum motivo, os tripulantes humanos ou da(s) Terra(s) tiveram suas mentes transportadas para suas contra-partes desta realidade (exceto Quantum, que usou seus poderes para saltar entre as realidades), e graças a isso arrastaram as partes de Lusutan para corpos adequados. Mac fora capaz de lembrar de tudo e fazer os outros lembrarem por ser um poderoso telepata. Também deduziram que chegaram naquela Terra pois Snickers fora quem progamou as coordenadas do portal da Vanguarda, e ele usou as coordenadas de sua Terra, a Terra da Nova. Mas essa realidade não possuía essas espécies alienígenas arkeontes ou benehranos, e logo a última parte, puxada pelas outras, arrastou a mente de Magni para um corpo adequado, alguém com uma história e personalidade parecida, Miyamoto Musashi. Claramente viam que cada uma das partes representava um aspecto de Lusutan, mãe (Nadia), filha (Sarah), amante (Ayumi), protetora (Lisa) e cuidadora (Ulana). Eles lembravam que uma das mentes de Lusutan havia sido morta por Blackwing, quando ela tentara invadir a mente de Snickers num passado distante. Daí Thiara, que estava em eterno coma, estava ligada a Snickers.
Magni havia percebido que Lusutan havia se apaixonado por ele, e ele por ela, durante a terapia psíquica para controlar um tal de Mödi, lado negro e “irmão psiquico” de Magni.. Daí Ayumi, a amante de Musashi, ser o aspecto de Lusutan que o salvou. Ele declarou seu amor a Lusutan, falando para Ayumi, que correspondeu quase que inconscientemente, como se pudesse reconhecer Musashi naquele estranho homem. A compreensão e revelação de tudo aquilo causou um efeito nas mulheres. Elas passaram a andar mais juntas, gravitar uma a outra como se buscassem se completar.
Era tudo insano e absurdo, mas diante de tantas coisas, parecia que nada mais era impossível. Snickers começou a racionalizar os números e lembrou que Lusutan dividia a mente em 7 partes e teorizou algo. A sétima parte da mente dela, o lado negro que todas as mentes tem, poderia estar em Umbra, um demônio psíquico que atrairia esse tipo de mente. Nesse momento Magni pareceu ver alguém, bradava para o vazio contra alguém que ele chamava de Inominável, exigindo saber o que ele queria. Ele parecia um louco gritando para o vazio, mas logo a verdadeira loucura começou, quando todos ouviram os gritos de Zarus e Mac num corredor não muito distante. Quando os outros finalmente chegaram se depararam com Elmo Negro, o Pesadelo, atravessando o mago e o macaco com espadas de aço sombrio. Ele dizia calmamente que agora que aqueles incomodos estavam resolvidos, eles não mais teriam chance para o que viria.
Uma enorme explosão destruiu o teto, revelando o imenso e monstruoso Nyx, pelo rombo e pelos túneis uma horda de Sombras avançava, matando quem da Resistência ficasse no caminho. O Fantasma de Ferro, o Sonambulo de Elmo Negro, avançava com a horda, matando com as mãos nuas rapidamente vários soldados de Rabino.
Rabino bradava ordens de evacuação e ataque, mais admitia surpresa ao ver Nyx tão poderoso. Ele sabia que Nyx havia perdido um Sonambulo recentemente e não havia dado tempo de ter adquirido um novo. Snickers e Lucky abriam caminho para outros fugirem, sabendo que em pouco tempo Rabino acionaria sua contigência de invasão e incendiaria os túneis, salvando o que desse para salvar e matando o máximo de umbrelanos possíveis. Lucky pegava os corpos desmaiados de Mac e Zarus e os levava para uma das rotas de fuga secretas.
O imenso monstro que nunca falava, com uma risada sombria enquanto encarava Magni disse que finalmente mataria ele. Magni entendo que Nyx falava de Musashi, que havia no passado sobrevivido a um combate contra o Pesadelo, avançou contra o Fantasma de Ferro pegando-o de surpresa. Os dois se engajaram, mas Magni usava a vantagem para atacar mortalmente o adversário que era incrivelmente ágil. Ele percebeu algo estranho na luta, era como se o Fantasma não se importasse muito com a defesa, como se quisesse morrer. Nyx disparou seu disparo na direção dos lutadores, praticamente arrancando a pele de Magni. O monstro revelou algo estarrecedor, que confirmou os piores medos dos tripulantes. Ele dizia que era o tal Mödi, irmão de psiquico de Magni, que foi arrastado pela sétima mente de Lusutan para junto de Umbra e agora era o Sonâmbulo de Nyx, um Sonâmbulo sem corpo físico, logo que Nyx não destruiria. Ele bradava que estava livre para matar Magni e destruir tudo como sempre desejara.
Magni não pensou muito sobre a situação. Concentrou-se no Fantasma de Ferro e desferiu seu mais potente golpe com sua espada de madeira, quebrando os braços do Sonâmbulo e esmagando o rosto e o peito dele, claramante o matando. A máscada do Fantasma de Ferro despedaçou, e ao ver o rosto escondido Magni gritou em desespero e desamparo. Nyx ria e mais uma vez alvejou o corpo samurai com suas rajadas, derrubando um corpo completamente calcinado, mas ainda, inacreditavelmente, vivo.
O caos estava armado. Muitos morriam assassinados pelas Sombras e pelos ataques aleatórios de Nyx. Lucky voltou num carro, gerando uma distração para evitar confronto com o monstro. Ela então resgatou Magni e o corpo do Fantasma de Ferro, cujas alterações dos poderes de Sonambulo desvaneciam e revelavam que era uma garota, com um pouco mais de 13 anos, morta. Snickers havia garantido a fuga das 5 mulheres e o transporte de Thiara. Ele entendia que elas eram o trunfo que eles precisavam para derrotar Umbra. Fugiram junto com os poucos sobreviventes, ainda a tempo de ver as bombas incendiárias detonarem e elimarem boa parte das Sombras e os poucos sobreviventes que não havia conseguido escapar. Sabiam que mesmo com toda a potência da explosão, Nyx sobreviveria, e Elmo Negro já havia abandonado a luta há muito tempo.
Os poucos sobreviventes se reuniam nas rotas de fuga guiados por Rabino e Toro, usando pequenos trens a diesel para mover-se rapidamente. Quando chegaram ao final das rotas, foram para o litoral, onde pegaram um pequeno barco e partiram com as poucas dezenas que ainda estavam lá. O Rabino ordenou que fossem para o sul, na esperança de encontrar comigo, Átila e Ressonância, caso tivessemos sucesso em nossa missão. Havia uma enorme expressão de derrota.
No horizonte, viram uma lancha com dois passageiros se aproximando. Temendo ser Sombras, Rabino ordenou que Toro se preparasse com um rifle. Toro, ao olhar pela luneta da mira, gritou que não eram Sombras, mas sim Kurtz (Jazz) e Quantum. Eles foram recebidos no barco e atualizados quanto aos eventos, Qauntum estava extremamente ferido, mas vivo. Kurtz contou o que aconteceu enquanto estiveram sob cativeiro de Umbra.
Ele contou que Umbra deixou Katrya torturar Qauntum durante um tempo enquanto extraiu da mente dele a localização da Vanguarda, pois ela precisava de uma nave que não de desativasse com sua presença (devido às defesas psíquicas colocadas nela por uns encantamentos de Snickers, que aparentemente, sabia fazer magia em sua realidade) para porder atingir mais lugares na galáxia, ou mesmo mais dimensões. Ela revelou que ela é a personificação do lado negro do inconsciente coletivo da humanidade e que era verdadeiramente imortal, a não ser que eliminassem todos os humanos do universo. Do contrário, o máximo que fariam era baní-la, mas que a humanidade sempre repete seus erros e eventualmente ela descobriria como voltar. Revelou também que nada do que ela fazia era por necessidade ou por instinto, mas apenas por puro deleite e crueldade. Que ela poderia ter criado (ou mesmo recriado) facilmente milhares de Pesadelos e ter rapidamente exterminado a vida nesta Terra, como fizera na anteriror, mas isso acabaria cedo demais com a diversão. Ela revelou que algo que os tripulantes fizeram fez com que ela fosse capaz de localizar a base da Resistência, mesmo sob a proteção do feitiço de Zarus (provavelmente foi o fato de termos matado Nagai sem adequadamente purificar Gene. Ele virou um farol para Umbra.), assim ela mandou Elmo Negro e Nyx para esmigalhar as nossas esperanças, visto que ela pretendia pegar a tal Vanguarda e partir do planeta.
Umbra também revelou algo estarrecedor, ela já havia encontrado Jazz antes, na tal realidade de qual ele veio. Nesse passado, ela não tinha aquela forma, mas sim a de um monstro disforme de quatro braços, e estava fraca por ter sido invocada abruptamente por um psicopata telepata chamado Doutor Angústia. Logo Jazz e seus colegas super-heróicos usaram uma bomba psíquica que a sobrecarregou e a baniu daquela realidade. Ela também revelou que num passado muito distante, quando os tais arkeontes estudavam as capacidades da humanidade, eles retiraram pedaços dela para criar avatares dos Pecados Capitais, o que deu a ela a ideía de como gerar as Sombras e os Pesadelos uma vez manifestada.
Ela revelou outra coisa ainda mais assustadora, a vinda dela para essa realidade era responsabilidade direta da tripulação da Vanguarda, especialmente de Quantum. Quando Quantum usou seu poder de alterar as possibilidades para evitar a detonação de uma espécie de super-míssil em um setor do espaço habitado, ele transportou esse evento para outra realidade, aquela realidade. Essa explosão causou um rasgo no véu psíquico que permitiu a manifestação de umbra num universo sem super-seres, um universo vulnerável a ela. Quantum ficou arrasado ao descobrir que toda vez que usa seus poderes para salvar sua realidade de um evento catastrófico, ele condena outra realidade ao mesmo evento.
Segundo ela, a realidade deles deixou de existir quando um tal de Vitruvius usou algo chamado de Tábuas do Destino para reescrever a existência e acabar com os superseres, por ingenuamente acreditar que eram os super-poderes que condenavam a Terra. Ela ria de tal pensamento, pois para ela, era a própria natureza da vida afundar-se na escuridão e sofrimento.
Jazz contou que após torturar física e mentalmente Quantum, ela abandonou eles, partindo para buscar a Vanguarda, enquanto deixava Katrya se divertir com eles. Jazz conseguiu se libertar e usou o taser de tiro único que havia escondido para dar fim na Pesadelo, que estava enfraquecida sem seu Sonâmbulo, pegando de surpresa.
Nesse momento, eu, Ressoância e Átila chegamos num outro barco e nos unimos a todos, informando que nossa missão fora um sucesso.
Quantum, completamente abatido fisica e mentalmente, disse que a Vanguarda estava no espaço, em órbita da Terra. Rabino então revelou nossa missão. Ao conversar com Snickers (Dion), em quem confiava ele deu crédito à busca da Vanguarda e assumiu que um dos lugares que ela poderia estar era fora da Terra. Logo ele nos mandou para Cabo Canaveral para prepararmos um ônibus espacial para atingirmos a órbita. Com as informações de Quantum, sabíamos para onde ir, e pela velocidade de movimentação de Umbra, era possível que os tripulantes chegassem lá antes dela.
Nesse momento, ouvimos a voz de Magni, um tanto rouca e alterada, dizendo que não seria fácil pois Nyx sabia do plano e estaria esperando em Cabo Canaveral para nos destruir. Quando nos viramos para perguntar como ele sabia disso, e como estava de pé tão rápido após tantos ferimentos, perdemos a fala. O corpo de Musashi estava completamente coberto por chamas negras e sombras vivas. Ele dizia que agora era o Sonambulo do Elmo Negro.

Comments

d_real_one d_real_one

I'm sorry, but we no longer support this web browser. Please upgrade your browser or install Chrome or Firefox to enjoy the full functionality of this site.